Argamassa convencional x Argamassa polimérica
agosto 21, 2019
Argamassa polimérica e resina termoplástica
agosto 21, 2019

A regulamentação para o uso da argamassa polimérica aconteceu em março de 2017, mas o uso da argamassa polimérica nas construções civis no Brasil já acontece desde meados do anos 1950.

Mas o que é argamassa polimérica? Quais são as vantagens e as desvantagens de se utilizar a argamassa polimérica em suas construções? se você quiser a resposta para essas indagações, continue conosco na leitura deste artigo.

Mas o que é argamassa polimérica?

Argamassa polimérica também é um produto conhecido como argamassa fina, devido a sua fina espessura, ou cola bloco, é uma combinação de resinas, cargas minerais e outros aditivos, e ela é não cimentícias.

Com esse material é possível facilitar a construção civil. De fato, muita gente está usando essa argamassa por causa dos seus muitos benefícios.

Vantagens de se utilizar argamassa polimérica

Argamassa polimérica utilizada tanto para vedação, como para assentamento de alvenaria proporciona benefícios de economia, pois ela já vem pronta, não necessitando da utilização de outros materiais.

Há vantagens também em questão de desperdício e no aumento de produtividade do trabalho.

Quando se trata do processo de assentamento de alvenaria também é possível notar diferença nas construções das paredes onde é possível perceber uma maior uniformidade.

Outro benefício que advém de se usar também a argamassa polimérica é a questão da sustentabilidade. A argamassa convencional é um produto muito prejudicial ao meio ambiente, visto que sua principal formulação consiste na mistura de cimento Portland e areia.

A fabricação do cimento dera uma grande emissão de dióxido de carbono que sobe todo para a atmosfera. E outro elemento prejudicado nessa história também é o rio de onde se tira a areia que sofre e é alterado geograficamente.

Nenhum desses dois produtos é utilizado para a fabricação da argamassa polimérica o que a deixa em vantagem mais uma vez.

Uma vantagem também que queremos citar aqui em se utilizar a argamassa polimérica é a eliminação do consumo de água, o produto já vem pronto para aplicação, assim não é necessário água nem para preparar, nem para lavagem de ferramentas ou limpeza do local ou de se estar realizando o trabalho.

Outra vantagem que pode ser percebida ao se utilizar a cola bloco também, é que ela ocupa menos espaço para ser armazenada em estoque e pra ser transportada também.

Desvantagens de se utilizar argamassa polimérica

Poucas são as desvantagens em se utilizar a argamassa polimérica, em vez da convencional, mas como prometido no inicio do artigo trataremos de algumas delas aqui.

Uma das desvantagens de se utilizar argamassa polimérica é que ao se utilizar esse tipo de argamassa deve-se estar bem atento aos detalhes construtivos, visto que se trata de uma junta fina, pois os blocos de alvenaria são fabricados em padrões de assentamento com argamassa de 10mm.

Nesse caso entendemos que é necessário que se utilize blocos do mesmo tamanho, e esses geralmente são blocos de melhor qualidade, o que resulta em um maior investimento também.

Uma outra pequena desvantagem também é que a argamassa polimérica quando usada para assentamento de blocos, só pode ser usada na parte inferior dos blocos, diferente da massa convencional que também é utilizada na lateral. Contudo especialistas informam que usar a cola bloco apenas na parte inferior da construção não compromete o resultado final da obra.

A argamassa polimérica veio para ficar?

Até aqui foi visto que existem mais vantagens do que desvantagens em se utilizar a argamassa polimérica. Diante disso podemos dizer que sim, ela veio para ficar. Para sempre talvez não, pois a ciência avança e com esses avanços surgem novos produtos, novas formas de se fazer as coisas.

Contudo, no momento, a argamassa polimérica é a grande estrela da construção civil, pois além de muito prática apresenta uma grande lista de benefícios que tem conquistado cada vez mais os consumidores.

Todavia, ainda existe uma certa resistência por parte daqueles que não querem se apropriar desse novo método de edificação civil. Mas, é preciso tomar cuidado pois, sempre perde quem fica para trás, quem não procura se atualizar quantos as inovações do mercado.

Continue se atualizando através de um vídeo rápido e grátis que preparei, clique aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *