Argamassa polimérica compensa
agosto 21, 2019
Argamassa polimérica, como fazer?
agosto 21, 2019

Argamassa polimérica é um produto utilizado no Brasil e é exportada para a Europa e toda a América do sul.

Um exemplo de local onde ela foi usada para construção das arenas do Parque Olímpico 2016, construído no Rio de Janeiro.

Há indícios de que Já se construiu-se mais de 3 milhões de metros quadrados pelo mundo a fora utilizando a cola bloco.

É usada no Brasil desde 1950, contudo, foi normatizada em nosso país apenas em março de 2017.

Desde então, ela vem ganhado fama e conquistado os construtores. Mas algumas dúvidas sempre aparecem, entre elas, é possível usar argamassa polimérica para a construção de alvenaria industrial?

Continue conosco na leitura desse artigo e entenda melhor sobre o assunto.

Primeiramente o que é Argamassa polimérica?

Argamassa polimérica é um produto desenvolvido para assentamento de tijolos/blocos, levantamento de paredes, e também pode ser usada para reparos, fixações, entre outros.

Os materiais que podem ser usados utilizando argamassa polimérica são: concreto, cerâmica, pedra, vidro, tijolos e blocos e etc.

Os principais tijolos usados para uso da argamassa polimérica são: os tijolos cerâmicos e os tijolos cerâmicos estruturais. Os principais blocos são: os blocos de concreto e os blocos ecológicos.

Em relação a massa convencional, é possível afirmar que a massa polimérica oferece muitas vantagens, como maior resistência, menores custos por metro quadrado.

Além de mais rapidez no assentamento de tijolos, menos sujeira, menos desperdício e sem falar que é muito mais sustentável que a argamassa convencional.

Ela tem um tempo de secagem rápido, que se inicia de 6 a 12 horas, porém esse tempo pode variar de acordo com o tipo de tijolo ou bloco utilizado e também de acordo com as condições climáticas.

Mais o que dizem os construtores sobre a Argamassa polimérica?

Como tudo na vida, este também é assunto que divide opiniões, porém as opiniões positivas sobre a argamassa polimérica superam as negativas.

Então, há quem diga que não é totalmente seguro trabalhar com massa polimérica, contudo a grande maioria de pessoas que afirmam isso são trabalhadores da construção civil que trabalham por meio de diárias.

A argamassa polimérica, também conhecida como cola bloco, é um produto que agiliza o processo de construção, possui fácil aplicação e por isso reduz o tempo d serviço, logo, um trabalhador.

Um que por trabalha por contratação de diárias sairia perdendo caso seu serviço fosse desenvolvido de forma mais rápida, desse modo, é possível compreender o porquê de alguns profissionais não recomendarem o uso da cola bloco.

Contudo não são todos assim, há profissionais que reconhecem os benefícios da massa polimérica e que não se negam a trabalhar com ela.

Pois, já perceberam que o trabalho com argamassa polimérica proporciona uma melhor estética, e já regulariza possíveis defeitos da superfície, como também funciona como uma argamassa e rejunte ao mesmo tempo.

O que também é de impressionar é o tempo de construção, já que o produto já vem pronto e o aplicador é a própria embalagem, é possível construir uma alvenaria mais rápido do que usando a massa comum, com possibilidade de até mil tijolos serem assentados em um dia por uma única pessoa.

É recomendado construir uma alvenaria estrutural utilizando argamassa polimérica?

Apesar de todas as vantagens que a argamassa polimérica apresenta ela não é recomendada para a construção de alvenarias prioritariamente estruturais, sem que aconteça uma análise por parte de um engenheiro responsável pela obra e que poderá analisar de forma mais cuidadosa.

Esperamos ter respondido sua dúvida e contribuído para o melhor andamento de sua construção, se você quiser saber mais sobre o uso da argamassa polimérica você pode estar consultando outros artigos disponíveis aqui.

Ou se você ainda tem alguma dúvida, pode clicar no link abaixo para saber mais sobre essa forma de lucrar na construção civil com inteligência!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *